Seguidores

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

O Brigadiano Fardado - Coluna do Wanderley Soares, que reproduzo por concordar com seus termos.


O brigadiano fardado
Porto Alegre, Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011.

Há PMs que atuam em ambientes palacianos climatizados que olvidam o uso da farda.

Por múltiplos e sagrados motivos todo o brigadiano tem orgulho da farda brigadiana, dos soldados aos coronéis. No entanto, não é com raridade que brigadianos, mesmo sem estarem em enigmáticas missões secretas, evitem vestirem a gloriosa farda da milícia gaúcha. Nesse campo, como um humilde marquês, aqui da minha torre, creio que deva ser dever da Corregedoria da Brigada Militar recomendar que o brigadiano, no exercício de suas atividades profissionais, vista a farda de brigadiano, principalmente quando no alto de um comando. Os PMs da ala cola-fina, aqueles que atuam nos climatizados corredores palacianos, deveriam também trabalhar fardados, mas alguns acreditam, creiam, que isso não é de bom-tom. Um comandante, no entanto, sabe ou deveria saber que, onde ele estiver, no exercício de sua função, na farda está contida toda a história da Brigada. Num outro detalhe em favor da sociedade é recomendável que o comandante compareça diante de sua tropa pelo menos cinco dias por semana. Alguém poderá perguntar se estou dando um recado. Respondo que sim. Estou dando um recado.

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU