Seguidores

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Matéria veiculada no Jornal Zero Hora sobre o confronto e a prisão de delinquentes em 07 nov 2011.


Zero Hora - 08 de novembro de 2011

CONFRONTO COM BM

Baleado um dos

réus do caso

Eliseu Santos



     Um dos réus no caso Eliseu Santos foi baleado na tarde de ontem em um confronto com a Brigada Militar. Robinson Teixeira dos Santos, o Robinho, 25 anos, estava na carona de um Focus hatch preto dirigido por Ederson Rutkoski de Oliveira, o Edinho, 27 anos.

     Robinho é acusado de ser o motorista da dupla que atacou o então secretário de Saúde, Eliseu Gomes, em fevereiro de 2010. Ele afirmou à polícia que a intenção era roubar o carro de Eliseu e não matá-lo, fato que sustenta a tese de latrocínio (roubo com morte) defendida pela Polícia Civil, diferentemente da opinião do Ministério Público, que denunciou os réus por homicídios, afirmando que o grupo tinha a intenção de matar o secretário de Saúde.

     Ontem, na Rua Rio de Janeiro, no bairro Nova Sapucaia, em Sapucaia do Sul, uma guarnição do 33º BPM passou pelo Focus e reconheceu Edinho, foragido de uma operação da Polícia Civil, no final de agosto. Segundo os policiais militares, ao perceber a chegada da viatura, os dois fugiram.

     Durante a perseguição, a dupla teria jogado miguelitos (pregos retorcidos) que furaram os pneus do carro da Brigada Militar e de outro que veio em apoio. Houve troca de tiros, e os dois ocupantes do carro foram baleados.

     Dupla carregava pistola com numeração raspada

     Edinho ficou ferido no pé esquerdo e, Robinho, no peito. Com eles, foi apreendida uma pistola .380 com numeração raspada. Os feridos foram levados para o Hospital Getúlio Vargas, em Sapucaia do Sul.

    Conforme o delegado Eduardo Moraes, da 2ª DP de Sapucaia, Edinho era procurado desde 21 de agosto, quando a Polícia Civil deflagrou a Operação Quatro Rodas, em que buscavam uma quadrilha responsável por furto de estepes e objetos de veículos nos arredores do aeroporto Salgado Filho. Após trocar tiros com os policiais, Edinho fugiu deixando um rastro de sangue. Ontem, ele foi reconhecido pelos PMs.

carolina.rocha@diariogaucho.com.brCAROLINA ROCHA

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU