Seguidores

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

OS ROUBOS DE VEÍCULOS EM SAPUCAIA DO SUL: FALÁCIA GERADORA DE INSEGURANÇA.

      Transcrevo,  abaixo, coluna do Sargento Ferrari, meu assessor de operações, que coloca os pingos nos "is"  no que refere a roubo de carros, assunto tão veículado esta semana em Sapucaia do Sul. 
       Assino embaixo. 
       Major Coimbra

            Na última semana vinculou-se nos meios de comunicação que Sapucaia do Sul registrou de janeiro a junho 430 veículos levados por criminoso e que lidera o ranking de cidades com maior índice deste crime. Tais dados são perfeitamente questionáveis, tendo em vista que acompanhamos em nossa cidade mês a mês tais índices, e verificamos que durante os últimos quatro anos, os roubos de veículos vêm diminuindo, senão acompanhem os números: 2007 - 318 veículos roubados; 2008 - 295; 2009 – 299, nestes três anos consideramos os 12 meses. Agora observe que em 2010, até o mês de novembro temos 215 veículos roubados e de janeiro a julho 128.
Porém, os dados me espantariam se a fonte das informações não fosse a Confederação Nacional das Seguradoras, diretamente interessada nos alardes acima mencionados, porém destoados de realismo técnico, jurídico e prático, acredito que por descuido em explicar as diferença entre roubo e furto ao leitor.
Esclareçamos, então. Primeiramente no roubo de veículo o indivíduo em geral usa violência e uma arma de fogo. Já no furto de veículo a vítima nunca está próxima ao carro, e em geral o ano destes veículos está abaixo de 2000, e pouco interesse gera às seguradoras.
E sobre os furtos de veículos, a experiência nos mostra que os criminosos escolhem carros cujos donos são descuidados, deixam em locais isolados e ermos, não possuem alarme e nem mesmo sistema contra furto. Neste caso é importante lembrar que Segurança Pública é responsabilidade de todos, assim positiva o artigo 144 da Constituição Federal, para evitar os furtos não basta deixar nas mãos de Deus, ao acaso ou na conta das forças policiais.
Seguindo neste raciocínio, as informações repassadas pela mídia geram uma insegurança na população, o que não refletem a realidade de Sapucaia do Sul, pois repetimos, tecnicamente apenas 128 roubos de veículos foram registrados de janeiro a junho de 2010, um importante avanço no combate a este tipo de delito.
No mesmo sentido, a forma de divulgação de dados feita pela mídia podem gerar instabilidade social, ainda mais quando difundidas por meios de comunicação formadores de opinião pública, e podem jogar por terra projetos que há anos vêm sendo realizados pela Brigada Militar de Sapucaia do Sul e que pouco espaço recebe da mídia, tais como: Quartel tri-legal, Postos de Referência Comunitários, Programa de Rádio Comunitário, Conselho de Segurança Escolar, Informativo do 33º, e o eficiente PROERD (Programa de Resistência às Drogas e à Violência) que no último dia 14 de dezembro ensinou 1200 crianças a dizerem não às drogas. Além de outras ações que fizeram recuar também, neste ano, em aproximadamente 25% os homicídios na cidade do Zôo.
Mas, enfim, notícias como estas, nos parece, não vendem jornais, não geram polêmicas em rádio e programas de TV, e não tem nada a ver com seguros de veículos.
ROUBO DE VEÍCULOS

 Ano
2007
2008
2009
2010
Janeiro
24
29
29
24
Fevereiro
19
37
31
37
Março
30
34
15
28
Abril
30
31
25
13
Maio
28
29
 25
11
Junho
30
31
 24
15
Julho
30
21
 29
17
Agosto
30
19
 28
23
Setembro
33
21
 19
17
Outubro
20
11
 18
17
Novembro
20
13
 31
 13
Dezembro
24
19
 25

 Total
318
295
299
215

Geverson Aparício Ferrari – 1º sargento do 33º BPM
Bacharel em Direito, fone: 51 93544391

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU