Seguidores

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

MÍDIA MÍOPE

              MÍDIA MIOPE

Parabenizo o JORNAL VS pelo excelente trabalho de divulgação, no que pertine a Brigada Militar de Sapucaia do Sul, no ano de 2010. Mostrou, evidentemente,  nossas mazelas, mas, principalmente, mostrou o que fizemos de bom e espelhou nossa dedicação ao trabalho, a exemplo de prisões, apreensões de armas e drogas, trabalhos sociais, como PROERD, Quartel Tri-legal, Patrulha Comunitária, entre outros. 
Entretanto, o JORNAL NH, embora da mesma empresa jornalística, adota outra postura. Apresenta à verdade, isto é fato, mas o faz de forma míope e parcial, eis que, na maioria esmagadora das vezes,  mostra somente o que de pior acontece. Esta preocupação não deveria ser somente minha, mas também da sociedade de Sapucaia do Sul e de seus poderes constituídos, pela construção, por parte do jornal, de uma imagem negativa DE Sapucaia do Sul no Vale do Rio dos Sinos.
No que tange a minha instituição, Brigada Militar, a impressão que o leitor do Jornal NH tem é que Sapucaia do Sul é uma cidade sem lei, em anomia total, pois as noticiais policias estampam SOMENTE homicídios, latrocínios, roubos etc. Não mostram os índices positivos que foram arduamente alcançados neste ano de 2010, como a redução de homicídios, a prisão de quase 200 foragidos, o incessante combate ao tráfico de drogas, com mais de 160 prisões, as apreensões recordes de armas e drogas, o combate ao jogo ilegal, as parcerias firmadas com atores importantes no municicípio, públicos e privados, enfim, tanta coisa boa para mostrar sobre a polícia de Sapucaia do Sul, mas isto não aparece.
Em hipótese alguma quero dizer que o que acontece negativamente  em Sapucaia do Sul não deva ser divulgado, ao contrário, deve sê-lo sempre, mas não mostrar a face boa da Cidade é uma injustiça, não somente com a polícia, mas com todos os cidadãos sapucaienses, pois reflexos desta postura jornalística podem ser nefastos a cidade, como retração a investimentos, menos visitantes a cidade, menos negócios, menor arrecadação e, por conseguinte, menor prestação de serviços de qualidade.
Já que o ano de 2011 está a se iniciar, quem sabe as pessoas responsáveis façam suas reflexões e a sociedade de Sapucaia do Sul reaja a esta desconstrução de seu conceito perante as cidades do Vale do Rio dos Sinos e perante todo o Estado do Rio Grande do Sul.

Ronie de Oliveira Coimbra
Major – Cmt do 33º BPM de Sapucaia do Sul

            

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU