Seguidores

terça-feira, 8 de março de 2011

Brigada Militar e Instituições Públicas em Ação contra comércio ilícito no centro de Sapucaia do Sul




Capitão Vargas na 2ª reunião
realizada 
Na tarde da última sexta-feira (04/03/2011) diversas instituições públicas de Sapucaia do Sul realizaram ações conjuntas contra o comércio ilegal no centro da cidade. Brigada Militar (Policiamento Ostensivo, Agentes de Inteligências e Corpo de Bombeiros), Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito, Secretaria Municipal da Indústria de Comércio, Trensurb, Real Rodovias e Polícia Civil. No total cerca de 50 agentes participaram da ação, com quatro motocicletas, seis viaturas, um motor home e um caminhão do Corpo de Bombeiros.
A ação foi fruto de duas reuniões realizadas na quinta-feira, a primeira com todas as instituições envolvidas e outra com os vendedores que atuam na área central. O objetivo da segunda reunião era um ajustamento de conduta com estes, porém eles não compareceram.
Início da Operação
O capitão Célio Vargas coordenou as ações e lembrou: “nosso objetivo é organizar o centro, não é justo que a cidade que tem muitas belezas, tenha um centro tão sujo e com o aspecto de total abandono por parte dos órgãos públicos. Nós não podemos mais no omitir diante disso”. E arrematou: “como nossas ações serão sistemáticas, melhoraremos, com certeza, a autoestima do povo desse município. Porém agora são necessárias outras ações como a limpeza do local diariamente e pintura das edificações, para que superemos de uma vez essa idéia de abandono”.
A ação da última sexta-feira redundou na prisão em flagrante de três pessoas por venda de DVDs pirateados, neste caso os três foram presos em flagrante e encaminhados ao Presídio Central ou para a Penitenciária Feminina.
Cerca de cinco pessoas foram encaminhadas a 1ª Delegacia de Polícia de Sapucaia do Sul e apresentadas pela empresa Trensurb com vale transporte sem procedência comprovada.
Durante todo o feriadão o Pelotão de Motos do 33º BPM ficou responsável pela manutenção da ordem no local, impedindo que novos vendedores de vale transporte, DVDs pirateados e demais produtos ilícitos continuem atuando no local.
Agente da SMICA apreendendo
relógios sem procedência
O próximo passo da ação é fiscalizar, junto com a Vigilância Sanitária o comércio de produtos alimentícios no local, e com a Secretaria da Indústria e Comércio e Corpo de Bombeiros as demais questões de legalização e segurança contra incêndio.
CHEGA DE CONTEMPLAÇÃO DIANTE DE ILEGALIDADES E PARA OBTERMOS MELHORES RESULTADOS PRECISAMOS DA AJUDA DA SOCIEDADE.

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU