Seguidores

sábado, 27 de novembro de 2010

Postei meu comentário no Blog da Rosane de Oliveira

    Cara Rosane
    Sou Major da Brigada Militar e comando o 33º BPM de Sapucaia do Sul e, nesta cidade, temos realizado inúmeras prisões de traficantes, que estão espalhados pela cidade. Estes dias uma repórter me perguntou o porquê das pessoas enverdarem-se para o tráfico. Respondi, em razão de minhas convicções, que o "negócio" é lucrativo, pois existem muitos "clientes" e o risco vale a pena. Inclusive quanto a este risco o STF já acenou com penas menores, até alternativas, para pequenos traficantes. Como se o mal pudesse ser medido pela quantidade de droga traficada. 
   Quanto ao que vc postou em relação ao usuário, não tenho reparo. Todo o sistema de segurança demanda tempo, recursos e energia com o usuário, pois tem que abordá-lo, apreender a droga que está em sua posse, lavrar um Boletim de ocorrência, enviar para perícia, que vai fazer o exame do entorpecente apreendido, processá-lo e julgá-lo (quando acontece processo e julgamento) , para que com ele nada aconteça. Sim, nada, pois de fato se descriminalizou o crime de posse e consumo de drogas no Brasil, eis que para se configurar crime tem que se ter uma pena e esta já não existe, embora alguns usem um eufemismo e digam que houve somente uma despenalização, conforme nova lei de entorpecentes.
    Rosane chega a ser risível a conseqüência do não cumprimento das penas impostas ao usuário, se ele não cumprir o que foi determinado pelo Juiz, quais sejam: Admoestação verbal ou Multa. Se este quadro não mudar, continuaremos a secar gelo. Temos sim que responsabilizar o usuário por toda esta violência que advém do tráfico de drogas.
 
   Ronie Coimbra

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU