Seguidores

domingo, 14 de novembro de 2010

33º BPM descobre rinha de galo que tinha até troféu para o primeiro colocado.

Este era o trófeu que iria para um dos animais:
o galo vencedor ou o proprietário dele.



        Na noite de sexta, dia 12 de novembro de 2010, às 21hs, policiais da seção de inteligência e do Pelotão de Operações Especiais do 33º BPM (Sapucaia do Sul – RS) deslocaram até rua General Daltro Filho no bairro Jardim em razão de denúncia anônima que  apontava o local para uso como rinha de galo.
      Ações de inteligência confirmaram a veracidade da denúncia e acionou guarnições do Pelotão de Operações Especiais para a intervenção no local.
      Depois da entrada, foi localizado no local 24 galos e um rinheiro utilizado para que os animais lutassem, e duas esporas de metal. Além de um troféu para o galo vencedor. Todo o material foi apreendido.
     O proprietário do local responderá de acordo com a lei 9.605 de 1998 que trata das sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.
     Para levar a efeito a sanção foi lavrado um Termo Circunstanciado elaborado pela Brigada Militar, exercendo o ciclo completo de polícia. O dono do local irá a juízo, pois sua conduta foi tipificada pelo artigo 32 da referida lei que positiva tratar-se de crime a prática de ato de abuso, maus-tratos, lesar ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.
     O subcomandante e chefe da seção de inteligência do 33º BPM capitão Célio Vargas, comandou a operação e refere que “ a Brigada Militar de Sapucaia do Sul recebe poucas denúncias sobre rinhas de animais, mas sempre que elas chegam em 99% dos casos são verdadeiras e levam a prisão e a apreensão dos animais. Em 2007, por exemplo, prendemos 46 pessoas que exploravam a rinha de cães.” Conclui: “ esperamos mais denúncias da comunidade para dar um basta neste absurdo contra os animais”. 

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU