Seguidores

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Brigada Militar de Sapucaia do Sul aborda boate na ERS 118 e flagra prática de tráfico de drogas, prende dois homens e apreende 67 pedras de crack, 25 gramas de cocaína não fracionadas, e 30 petecas de cocaína embaladas para venda, mais dinheiro oriundo da venda de drogas.


Em 23/09/2012, em torno de 05h10 da manhã, policiais militares do Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar de Sapucaia do Sul realizaram a abordagem de uma boate, situado na ERS 118, na altura do Km 04, no Bairro Nova Sapucaia em Sapucaia do Sul, em razão de recorrentes denúncias de tráfico de drogas naquele estabelecimento.
No interior do estabelecimento os policiais militares abordaram o segurança da boate e o proprietário. Com o primeiro - que foi identificado, com 46 anos de idade e com antecedentes criminais por LESÃO CORPORAL (2X), DIRIGIR EMBRIAGADO,   OUTROS CRIMES,  VIAS DE FATO (2X),   HOMICÍDIO,  AMEAÇA E POSSE DE   ENTORPECENTES – os policiais encontraram 67 pedras de crack;  e, com o proprietário – também identificado, com 59 anos de idade e com antecedentes criminais por  TRÁFICO DE ENTORPECENTES(2X) , PORTE ILEGAL DE ARMA, POSSE IRREGULAR DE ARMA FOGO, EXPLORAÇÃO SEXUAL DE ADOLESCENTE , AMEAÇA e LESÃO CORPORAL – os policiais encontraram 03 buchas de cocaína pesando aproximadamente 25 gramas, 30 petecas de cocaína, 01 celular marca Motorola e a quantia de R$1.112,00 em cédulas de pequeno valor.
Os suspeitos foram presos em flagrante delito por tráfico de entorpecentes e encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Pronto Atendimento, em Canoas, para a lavratura do auto de prisão em flagrante delito.

Comentário do Major Coimbra.
Revisão da legislação penal já, pois é de chorar a situação destes delinquentes perigosos e contumazes estarem nas ruas, livres, leves e soltos, e ainda com um estabelecimento, dito boate, funcionando sob a administração deles. “Estabelecimento” em que a polícia já flagrou vários crimes, a exemplo de exploração sexual de adolescentes e tráfico de drogas.
Mais uma vez a polícia fez a sua parte, não obstante todas as dificuldades que enfrenta, em razão da demanda que lhe assoberba e da falta de recursos humanos e materiais que lhe aflige, e ter que, todos os dias, realizar retrabalho pela permissividade da legislação penal, processual penal e de execuções penais no Brasil, que tratam cada vez mais de beneficiar BANDIDOS em prejuízo do cidadão de bem.
ISTO TEM QUE MUDAR.

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU