Seguidores

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

O Comando Ambiental da Brigada Militar realizou nesta terça-feira(29/12), uma operação para coibir a caça e pesca ilegal no rio Palmares e na Lagoa do Casamento, em Palmares do Sul, litoral norte.

O Comando Ambiental realizou nesta terça-feira (29/12), uma operação para coibir a caça e pesca ilegal no rio Palmares e na Lagoa do Casamento, em Palmares do Sul, litoral norte. 

Um efetivo de 15 policiais militares em quatro embarcações, além de três brigadianos para apoio em terra, foi empregado na ação. Logo no início, ainda madrugada, no rio Palmares, foram apreendidas redes de malha predatória.

Em seguida, na Lagoa do Casamento e rio Palmares, foram apreendidas também esse tipo de rede, que é proibido mesmo fora do período de defeso (piracema), e um espinhel com cerca de 200 anzóis. No total, foram apreendidos na operação 13 mil 180 metros de rede de malha predatória. 

Muitos peixes e também uma tartaruga que estava presa em uma das redes foram devolvidos às aguas.

Comunicação Social/ PM5

Texto: Sargento Sabrina Ribas
Fotos: Soldado Everton Ubal






Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU