Seguidores

sexta-feira, 17 de julho de 2015

O Assassinato do Policial Civil de Alvorada, no RS, Opinião por Leônidas Calvalcante*

"Acabo de ficar sabendo da morte do colega Valdeci, com quem trabalhei na DPPA/Alvorada. Valdeci foi vítima do descaso estatal com a segurança pública. Morreu em decorrência da precariedade dos recursos materiais e humanos com que trabalhamos.

Mas Valdeci também foi vítima de um discurso arrogante e preconceituoso, que desumaniza o policial, veiculado por intelectuais que desconhecem a realidade de uma situação de confronto, difundido por uma imprensa que acha bonito odiar a polícia e assimilado acriticamente pela sociedade. 

É fácil imaginar o que estaria acontecendo se, ao invés de entrar em luta corporal, Valdeci tivesse atirado no suspeito desarmado. Ao invés de lermos a notícia de sua morte, estaríamos assistindo a seu linchamento moral em todos os jornais. Sua decisão de tiro, tomada em uma fração de segundo em uma situação de vida ou morte, seria minuciosamente analisada por uma legião de especialistas que nunca vivenciaram nada parecido, e seria condenada por unanimidade.

Se tivesse tomado a decisão que salvaria sua vida, o colega Valdeci provavelmente seria denunciado pelo Ministério Público e pronunciado por um juiz, indo a júri popular, quiçá com prisão preventiva decretada. Ainda que fosse absolvido, teria arruinadas sua vida pessoal, profissional e financeira. Ao invés disso está morto.

Não consigo deixar de pensar que Valdeci, um policial competente e experiente, na fração de segundo que tinha para tomar a decisão de tiro que lhe salvaria a vida, talvez tenha hesitado em razão da consciência, sempre presente em todos os policiais, da ausência de respaldo das instituições responsáveis pela persecução criminal, e das prováveis consequências dessa decisão. É possível que tenha morrido em razão desse momento de hesitação.

O colega Valdeci morreu no mesmo dia em que foi noticiado que, se estivesse vivo, receberia apenas uma fração de seu salário no final do mês. Meus pêsames à família e a todos os colega da DPPA/Alvorada."

* Delegado de Polícia

Assista o Vídeo Institucional da Brigada Militar

Acompanhe nas mídias sociais

BM de Sapucaia do Sul auxilia Exército na instrução de preparação para a missão da paz da ONU